Manual de Diálise - 2ª Ed - Capítulo 23 - Distúrbios Ácido-Básicos e Eletrolíticos

Edward A. Ross. Allen R. Nissenson. . I. Equilíbrio ácido-básico. . A produção de ácidos em pacientes de diálise é normal e é uma função da taxa do catabolismo protéico (ingesta protéica em pacientes não-catabólicos). A taxa de produção ácida pode ser estimada em 0,77 ö a taxa do catabolismo protéico, que é de cerca de 60 mmol/dia (420 mmol/semana) em um paciente de 70 kg. Além disso, em pacientes de hemodiálise existe uma perda de 100 mmol/sessão de ânions orgânicos (estes são precursores do bicarbonato) para o dialisado, ou cerca de 300 mmol/semana. A quantidade total de álcalis necessária por semana é, desta forma, de cerca de 720 mmol.. . A. Pacientes em hemodiálise. Um paciente em um regime de hemodiálise de três sessões por semana apresenta uma necessidade de álcalis de cerca de 240 mmol/tratamento (Gennari e Rimmer, 1990). Durante a hemodiálise, as bases são fornecidas ao paciente, a partir da solução dialítica, na forma de acetato ou bicarbonato.. . 1. Revisão do metabolismo do acetato. Quando se utiliza acetato, este....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa