Cardioendocrinologia - Capítulo 02 - O Endotélio Endócrino

Lucindo José Quintans Júnior. Mônica Santos de Melo. Rosana de Souza Siqueira Barreto. Introdução . O endotélio, única camada de células lineares na superfície interna de todo o sistema vascular, constitui uma contínua membrana que separa o sangue da parede vascular, apresentando uma superfície de 1013 células e cobrindo uma área de aproximadamente 1-7m2, com peso de aproximadamente 1kg em um humano adulto1 (Fig. 2-1). . O endotélio age como uma membrana semipermeável vascular regulando a transferência de moléculas ou mesmo de células. Além disso, mantém a fluidez do sangue e modula a vasomotricidade, controlando, por meio de suas células, importantes funções na homeostase vascular. Portanto, o endotélio pode ser considerado um tecido dinâmico e ativo com funções metabólica e sintética. . Como um local ativo, é capaz de sentir mudanças nas forças hemodinâmicas por meio de mecanismos com receptores de membrana e responder a vários estímulos, sintetizando ou liberando várias substâncias vasoativas, além de inibir ou modular....

Divulgação



Publicidade

conteúdos relacionados



© 2000 - 2019 Bibliomed, Inc. Todos os Direitos Reservados contato imprensa